5 exemplos de marketing de conteúdo para pequenas empresas5 min read

5 exemplos de marketing de conteúdo para pequenas empresas5 min read

Investir em estratégias de marketing de conteúdo já se tornou obrigatório para empresas que querem fortalecer a presença no meio online

5 exemplos de marketing de conteúdo para pequenas empresas5 min read
Redação NZN 05/03/2020 às 10:00 6 mins. de leitura

Investir em estratégias de marketing de conteúdo já se tornou obrigatório para empresas que querem fortalecer a presença no meio online. Hoje não basta ter apenas um site institucional para os clientes irem atrás de você, é preciso também conquistá-los e mostrar como o seu produto ou serviço ajuda a vida deles.

Esta ideia está no cerne da definição de “marketing de conteúdo”: um método de engajar seu público-alvo para aumentar o número de clientes da sua empresa, por meio de um conteúdo relevante para eles. Um conteúdo é considerado relevante ao sanar as dúvidas e ajudar a resolver as dores do potencial cliente que você quer conquistar.

E o cliente realmente gosta de ser impactado por um conteúdo produzido por uma marca que o ajude nos problemas do dia a dia. Dados da consultoria Demand Metric mostram que 70% dos consumidores preferem conhecer um produto ou serviço por meio de um artigo ou post de rede social, em vez de uma propaganda convencional. E logo depois de lerem o artigo, 60% buscam mais informações sobre a marca.

Por isso muitas empresas investem na produção de conteúdo digital, seja qual for o tamanho delas. O relatório de 2019 da Content Trends, a maior pesquisa sobre marketing de conteúdo do Brasil, mostra que 67,3% dos negócios brasileiros adotam estratégias de marketing de conteúdo. E elas trazem resultados no número de visitantes ao site da empresa e na captação de leads.

  • Sites de empresas que usam estratégias de marketing de conteúdo tem 1,3 mais visitas do que os de negócios que não adotam a mesma prática.
  • Empresas que investem em marketing de conteúdo conquistam 1,4 vezes mais leads que as que não usam a estratégia.

Isso também vale para pequenos negócios, que ganham mais visibilidade e se tornam referência sobre um determinado assunto para seu público-alvo. A vantagem é que investir em marketing de conteúdo sai bem mais barato do que as formas tradicionais de publicidade, mesmo se você contratar alguém para montar e colocar em prática a estratégia de produção de conteúdo.

O segredo está em conhecer as pessoas com quem sua marca quer conversar e fazer um planejamento específico para elas. Talvez o como fazer ainda não esteja muito claro, por isso o Estratégia de Conteúdo separou 5 exemplos de estratégias de marketing de conteúdo para você se inspirar e adotar na sua empresa.

Enjoei: Linguagem

O Enjoei começou em 2009 como um blog. O objetivo da empresária Ana Luiza McLaren era conectar as pessoas que queriam se desfazer de roupas usadas com quem teria interesse em comprá-las. A ideia se transformou em um dos maiores e-commerces do Brasil, com mais de 80 funcionários e um faturamento de R$ 200 milhões em 2017.

A marca ganhou notoriedade principalmente pela linguagem adotada, que está presente em todos os canais, das redes sociais ao e-mail marketing. O tom de voz se assemelha à forma como os millenials se comunicam, criando assim intimidade com o consumidor.

https://www.instagram.com/enjoei/

marketing de conteúdo para pequenas empresas1

marketing de conteúdo para pequenas empresas

Dentalprev: Blog com conteúdo relevante

A Dentalprev oferece planos odontológicos há 25 anos em Santa Catarina. Dentre as estratégias de produção de conteúdo online, está o blog Sorria, com informações sobre saúde bucal. A marca aproveita do seu diferencial, o contato com uma rede de dentistas profissionais, para oferecer textos de qualidade para quem está em busca de tratamentos odontológicos. Assim ela se aproxima de potenciais clientes e, ao mesmo tempo, ajuda-os a sanar dúvidas.

marketing de conteúdo para pequenas empresas

MRV Engenharia: Depoimentos de clientes no YouTube

Fundada em 1979, a MRV Engenharia está presente em 160 cidades brasileiras e é lider no mercado de construção civil. A marca trabalha com a ideia do “sonho da casa própria” ao oferecer imóveis residenciais populares, em especial para quem quer comprar o primeiro apartamento. Ela trabalha o conceito de conquista com uma série de vídeos no YouTube chamada de “Entrega dos Sonhos”, com depoimentos de clientes logo após a entrega de um empreendimento. O canal da marca tem 203 mil inscritos e mais de 210 milhões de visualizações.

https://bit.ly/2uVQzLJ

https://bit.ly/3bYPMKo

Magazine Luiza: Humanização da marca

Aqui no Estratégia de Conteúdo, já escrevemos sobre a importância de humanizar uma marca e demos como exemplo a Lu do Magazine Luiza. Ela realmente é um case de sucesso: a Lu é considerada uma influencer digital e aproximou a marca do público, tanto que conquistou mais de 14,4 milhões de seguidores no Facebook, Instagram e YouTube.

A Lu está presente em todos os canais da Magazine Luiza, como parte da estratégia de humanização e de storytelling da marca. A personagem contribuiu para o impressionante crescimento da rede varejista, que está presente em 17 estados brasileiros, com mais de mil lojas e 25 mil colaboradores.

marketing de conteúdo para pequenas empresas

Risqué: Valorização das clientes nas redes sociais

A Risqué está há mais de 50 anos no mercado brasileiro e soube acompanhar as mudanças no comportamento das consumidoras. A marca de esmaltes tem uma presença online bastante forte, em especial no Instagram, onde ela conta com mais de 2,4 milhões de seguidores.

É neste canal que vemos a estratégia de marketing de conteúdo de se aproximar do público-alvo. A Risqué compartilha no feed da rede social as fotos que as clientes mandam com a hashtag #RisquédaSemana. As imagens são um sucesso no engajamento! E ainda tem a vantagem dos próprios seguidores ajudarem na criação de conteúdo para a marca.

marketing de conteúdo para pequenas empresas

Por onde começar?

Depois de ver estes cinco cases, você deve estar se perguntando como colocar em prática tantas ideias ao mesmo tempo. Estratégias de marketing de conteúdo demandam tempo, por isso muitas empresas terceirizam o serviço, inclusive as pequenas. Como você pode ver, o investimento vale a pena!